Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/4022
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Feminismo e príncipes encantados: a representação feminina nos filmes de princesa da Disney
Author(s)/Inventor(s): Breder, Fernanda Cabanez
Advisor: Costa, Cristiane Henriques
Abstract: Analisa a representação do papel da mulher na sociedade e do que seria considerado uma “mulher ideal”, conforme observado nos chamados “filmes de princesa” dos estúdios de animação Walt Disney. Começando com a princesa “dona de casa” à espera de um príncipe encantado em A Branca de Neve, de 1937, chega-se à princesa rebelde, em busca de independência e subvertendo regras em Valente, de 2012. Apesar disso, valores culturais da classe hegemônica e um mesmo “padrão de beleza”, que envolve magreza e delicadeza, continuam presentes em todos os filmes e são divulgados e legitimados por eles. A pesquisa aborda esta questão de gênero, investigando possíveis causas e consequências da obsessão em princesas. Também é explorado o contínuo sucesso dos contos de fadas através de séculos já que este gênero narrativo tem forte repercussão no imaginário popular e suscita até hoje diversas releituras.
Keywords: Feminismo
Gênero
Animação
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Department : Escola de Comunicação
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 13-Dec-2013
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: BREDER, Fernanda Cabanez. Feminismo e príncipes encantados: a representação feminina nos filmes de princesa da Disney. 2013. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013.
URI: http://hdl.handle.net/11422/4022
Appears in Collections:Comunicação - Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FBreder.pdf733.6 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.